©
ties
“Falar sem aspas, amar sem interrogação, sonhar com reticências, viver sem ponto final.” (Charles Chaplin)